A bike elétrica como porta de entrada para a mobilidade ativa

Optar pela bicicleta como meio de locomoção diária requer uma série de planejamentos e uma fundamental coragem, pois sabemos que o trânsito brasileiro é um dos que mais mata no mundo, sendo que pedestres e ciclistas sempre são as principais vítimas, logicamente pela fragilidade. O código de trânsito brasileiro é categórico ao dizer que os veículos de maior porte serão sempre responsáveis pela segurança dos menores, os motorizados pelos não motorizados e, juntos, pela integridade dos pedestres.

Com os planejamentos realizados e a coragem adquirida, chega o momento de escolher a bicicleta e o equipamento adequado para o início desta nova fase, que trará o vento no rosto, saúde e muitas histórias para contar. Um dos principais desafios para o iniciante é se preparar fisicamente e conseguir chegar ao seu destino com facilidade, segurança e dependendo da situação sem estar suado. É neste momento que entra a bicicleta elétrica para ajudar na pedalada.

Existem alguns modelos de e-bikes no mercado, sendo que a indicada para uso urbano e autorizada em ciclovias é a que utiliza o sistema de pedal “assistido” ou “pedalec”. Um sistema em que o motor liga o auxílio apenas quando o ciclista pedala e desliga assim que para de pedalar ou atinge a velocidade limite, não sendo equipada com acelerador na manopla. O efeito percebido pelo ciclista é o pedal mais leve. O nível de ajuda é definido pelo ciclista em um controlador, normalmente junto a manopla e a velocidade máxima é de 25km/h, com uma autonomia que varia entre os modelos.

Controlador de Velocidade

Controlador de Velocidade

 

Para mim, a bicicleta elétrica foi a solução nesta migração do carro para a bike, pois me trouxe a segurança de que eu conseguiria ultrapassar subidas e ainda chegar em meus compromissos sem as famosas “pizzas” embaixo dos braços. Passo a passo fui adquirindo mais familiaridade com o trânsito da cidade e passei a utilizar o carro apenas em ocasiões raras nas atividades do meu dia a dia.

Quer experimentar uma bike elétrica gratuitamente? Faça a inscrição e participe da rota Vila Madalena do Bike Tour SP, lá emprestamos e-bikes para o passeio. Clique aqui para se inscrever.

 

Rota Vila Madalena do Bike Tour SP com bicicleta elétrica

Rota Vila Madalena do Bike Tour SP com bicicleta elétrica

Daniel Moral

Daniel Moral

Daniel Moral, 36 anos, é empreendedor social e encontrou em seus projetos uma forma de impactar o mundo. Pai de um menino de 4 anos, acredita que por meio de ações colaborativas conseguirá deixar um legado e um futuro melhor para seu filho. Idealizador do Bike Ajuda e do Bike Tour SP.
Daniel Moral
Não há comentários

Postar um Comentário